terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Até o cheiro da rosa me faz delirar

Entre lençóis de linho onde me deito
Com esperança de te ver ao acordar 
Talvez meu sentimento seja respeito
Que sinto por ti, não podes discordar,

Até o cheiro da  rosa me  faz delirar 
Perfume que exala teu cheiro sensual
Não vou te mentir, fazes-me suspirar
Entre os lençóis, és meu sonho casual.