quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Perder-te, é o mais temível dos meus medos

Resultado de imagem para imagens de abandono

Neste baloiço onde tantas vezes andámos 
Sorrimos, brincámos, trocámos segredos
Abri o meu coração de tantos degredos
Serei sempre leal e grata ao que passámos 
Perder-te, é o mais temível dos meus medos

7 comentários:

  1. Temos sempre medo de perder um grande amor.
    A vc, uma feliz e iluminada quinta-feira.

    Beijos

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Lindo....!!!
    E quem não tem medo de perder seu grande amor???
    Quem não tem medo de perder lembranças, histórias, sonhos a dois??
    Lindo o poema.... e de uma ternura sem par!!!
    Beijos!!!

    ResponderEliminar
  3. Cinco versos que tanto dizem. Parabéns!

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde, perder o que mais amamos e desejamos causa medo, neste nasce a coragem quando o inesperado acontece.
    Resto de boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
  5. Todos temos medos de perder o mais queremos.
    Maravilhoso!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  6. Essa sensação de perda chega a nos dar calafrios
    Teu poema é lindo
    Um dia feliz e abençoado
    Beijos

    ResponderEliminar