quinta-feira, 30 de junho de 2016

Sinto que o teu cheiro me seduz...


Sinto que o teu cheiro me seduz
Quando o desejo é tão importante
É o teu olhar, minha própria luz
Que me guia, me deixa expectante 

Dou-te meu beijo, deixo-te louco
Sussurro-te com palavras ofegantes 
Dizer que te amo, é tão pouco  
No desejo dos teus beijos distantes 
...

sábado, 4 de junho de 2016

Enquanto a noite dorme.

Enquanto a  noite dorme e se faz silêncio 
Leio a carta que me escreveste com frieza
Rolam  as lágrimas amargas, que silencio 
E dentro do meu coração inunda a tristeza 
.
Noite  escura e lembranças que fazem doer
Quanta dureza existe em certas horas do dia
Não existe coração que mereça assim sofrer
Quando do nada lhe é ceifada toda a alegria
...

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Em teu corpo me descubro em pura nudez ( Erótico, não pornô)


Mareando em teu corpo de fina ondulação
Feito barco sem final de ventilada jornada
Libidos abraços em desvarios de perdição
Onde a tormenta são vestes de pele suada
Navegando por entre as ondas do teu sentir
Perdido entre as falésias da nossa essência
Sussurros de vento, tua voz sabendo emitir
Tempestade de amor qual água de carência
 .
Apaixonada voz que clama por água arejada
Palavras de luxuria em termos ditos de nada
Sorrisos de afecto que brotam da tua timidez
Abraço lascivo pela volúpia da água salgada
Colas ao meu corpo numa malícia desejada
E em teu corpo me descubro em pura nudez
...........................

Poema escrito pelo amigo: Nuno Filipe.

Mensagens populares