segunda-feira, 11 de abril de 2016

Se eu fosse o vento, em teu corpo bateria

.............................

Se eu fosse o vento, em teu corpo bateria
Refrescando o teu coração de amor vadio
E com carinho, meu amor, te convidaria
A viajar comigo por sobre as águas do rio

Bateria em teu rosto em carícias de amor
Viria o teu cabelo pelos ares em desalinho
Faria com que dançasses como uma flor
Ao som da música de um mélico beijinho

Acredita meu amor como seria tão diferente
Nem imaginas as palavras doces que te diria
Se eu fosse vento, de uma forma comovente
Em teu corpo amado, para sempre viajaria
.

17 comentários:

  1. Que lindo! Ninguém deveria resistir a versos assim :)
    Desejo a vc uma semana repleta de alegrias.

    Beijos

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Excelente poema, envolvente.. Imagem divina.

    Beijo e uma tarde feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. SOBERBO POEMA. Irresistível mesmo! <3
    Bjos

    ResponderEliminar
  4. Poderia eleger uma quadra, mas a beleza não era a mesma.
    Amei de verdade o teu poema, Gil

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. O poema é fantástico e a musica de fundo é linda...

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. Sempre lindos poemas aqui! Linda semana! bjs, chica

    ResponderEliminar
  8. Ah, se eu fosse o vento...muitas coisas faria, viajaria por esse mundo afora. Lindo Gil, PARABÉNS. BJS

    ResponderEliminar
  9. Lindo poema bem escolhido querida amiga, Gil Antonio sempre bem inspirado!
    Amei ler, abraços apertados aos dois!

    ResponderEliminar
  10. Ser envolvida por estes lindos versos do amo é sublime
    Gil sempre inspirado nos belíssimos versos de amor
    Uma semana iluminada
    Beijos pra vocês

    ResponderEliminar
  11. Lindo poema, versos de amor, como diz Carlos Paião, bjs amigos

    ResponderEliminar
  12. Amiga que luxo as suas poesia sempre arrasando sucesso
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  13. Caricias da amor trazidas pelo vento em forma de poesia.
    Maravilhoso poema.
    Amigos, recebi um prémio que circula na net e venho partilhá-lo com vocês.
    Para mim a importância não está no prémio em si, mas sim no que ele representa, a criatividade, imaginação, inspiração, bem como as horas e dedicação que cada um dá aos seus blogues deixando neles um pouco de si.
    Provavelmente já receberam de outros amigos esta recomendação, mas fica também aqui o meu reconhecimento pelo mérito deste tão lindo blogue.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  14. O vento é um maroto e o seu poema um encanto.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  15. LINDO DEMAIS, ESTE POEMA!
    Parabéns ao Gil António!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Bom dia, o poema é lindo, depois de o ler conclui que se fosse o vento no corpo do seu amor, era um forte ciclone no bom sentido.
    Boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
  17. Passei para vós desejar um excelente domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar

Mensagens populares