terça-feira, 30 de junho de 2015

Sinto teu desprezo.


Sinto teu desprezo, isso dói tanto
Meu coração não merecia 
Está triste, não sorri, perdeu encanto
Por quem ele tanto padecia
.
Murchou a flor que havia em mim
A desilusão chegou e ficou
Não queria acreditar num fim
Com o desprezo que me magoou
*

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Noite encantada por luar enternecedor


 
............
Noite encantada por luar enternecedor
Cintilantes estrelas pelo céu brilhando
Pareciam enviar mensagens de amor
A quem sob elas se descobria amando

Virtuosos reflexos em luar tão presente
Iluminando corações dos apaixonados
Reflectiam sobre lábios que docemente
Se uniam na doçura dos beijos trocados

Palavras meigas, surdas e enamoradas
Mélicos sorrisos e caricias permutadas
Trejeitos sentidos em luar de esplendor

Olhos fechados em noções de explosão
Agitações de carinho na flor da emoção
Noite encantada por luar enternecedor
............
Faça um clike no nome.
Autor do poema: Ricardo_Águialivre


quarta-feira, 17 de junho de 2015

Quero ser tua...

Espero-te na minha cama, em sedução
Que abras a porta do quarto e te deites
Que me dispas a roupa  e me aceites
Tal como sou, e me acalmes o coração

Vestida assim para ti meu amor
Esperando que me tires, peça a peça
Quero puder sentir o teu odor
Quero ser tua, assim eu mereça.
***


segunda-feira, 15 de junho de 2015

São as lágrimas o sussurro do pensamento

São as lágrimas o sussurro do pensamento
Mostram tristeza, alegria, são voz de amor
Escorrem pelas faces em rios de tormento
Ensopam teus lábios como pétalas de flor

Todas as emoções que inundam teu pensar
Águas impiedosas da tua ilustre existência
Marés vazias que teus olhos fazem chorar
Fantasias soltas entre lágrimas da vivência

Noto em ti a solidão que gera o afastamento
Sensações sombreadas do triste sentimento
Qual lacrimejar em oceano de infinda ilusão

Deixa-me secar tuas faces de distinta beleza
Beijá-las com amor deixando nelas a certeza
Que essas lágrimas são dor em meu coração.
*****
Escreveu: Ricardo Águia_livre

Ps: Este, é um Blogue que aconselho, principalmente para quem tem, e escreve com amor à poesia...
 CLIQUE----> Pensamentos e Devaneios

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Sinto teu perfume no ar.

**
Sinto teu perfume no ar
Ao recordar com emoção
Teus lábios a querer beijar
O meu triste coração
*
Teu rosto, minha alegria
Quando eu o posso sentir
Mas a ausência influencia 
O meu estado, não posso mentir!
**

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Sinto tua falta.

*
És  minha sede, minha saudade
Que me faz chorar noite e dia
Meu coração vive na insanidade 
Por falta de alegria
**
Sinto a tua falta, choro de dor
E pelos cantos me deixo morrer
Meu sentimento, é puro amor
A tua ausência me faz sofrer
*

terça-feira, 9 de junho de 2015

Te Amo

*
Amar de facto faz doer
Não fosses tu meu porto de abrigo
Que te amo tanto que chego a sofrer
Por não te ter mais aqui comigo.
**
Amo-te como nunca amei ninguém
A prova disso são as lágrimas vertidas
São sinceras profundas, são de quem
Não aguenta tantas despedidas.
*

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Tanto ciume...

..........

É o silêncio o som do teu olhar
O sentido do teu doce coração
Que se descerra de par em par
Para entrar tão mélica paixão

É o silêncio que vive dentro de ti
Que mostra a flor e seu perfume
Por isso te digo, nunca te menti
Quanto confesso ter de ti, ciume
..............

sexta-feira, 5 de junho de 2015

No silencio dos meus desejos

Escondo-me no silencio dos meus desejos
Pela imaginação do meu triste sentir
Que tanto anseia teus longos beijos
Até a saudade de te sentir sorrir

Escondo-me pela saudade que tenho
Sentimento que não se esquece
Nossos momentos eu mantenho
Recordando o amor, quando acontece.
..

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Decidi ...

Decidi escrever no meu diário
As desilusões de uma vida
Enviar assim ao destinatário 
Coisas que um coração não olvida
.
Escrevo as palavras sem sorrisos
Escrevo tristeza, mágoa, desilusão
Lembro dos carinhos teus, tão precisos
Choram meus olhos de aflição.
*