sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

As pingas que molham o teu corpo em flor

......................
Teu corpo, pele suave, musa do meu sentir
Água que pinga sobre teu peito de sedução
São gotas do meu amor que por ti faço fluir
Por derramadas de dentro do meu coração
.
Sinto no peito esta sensação de oca ternura
Como se o mundo fosse ríspido como o fel
Não sei como parar esta vil e triste loucura
Porque será que o mundo é assim tão cruel
.
As pingas que molham o teu corpo em flor
São minha lágrimas que por ti estão caindo
Destes olhos que choram por ti meu amor
Por tanta saudade que de ti estão sentindo
.

10 comentários:

  1. Meu Deus.....
    Que lindo poema.... apaixonado, sentido, um primor de versos e rimas.
    Gil... a cada dia melhor....você está com uma métrica perfeita.... ritmo clássico de uma quadra de amor.
    SENSACIONAL....
    E obrigado pela informação. Já estou tentando baixar as músicas do Carlos Paião.....morreu prematuramente....

    ResponderEliminar
  2. Quadras perfeitas e apaixonantes. Amei amei amei
    Jinho

    ResponderEliminar
  3. Bom dia
    Não sei como classifique este poema. Brutal.
    Bom demais

    Bjos

    ResponderEliminar
  4. Adorei estas quadras...
    Muito sentimento, nelas!!!!

    ResponderEliminar
  5. Esse poema me descreve no dia de hoje. Muito lindo.
    Abraços

    ResponderEliminar
  6. Simplesmente lindo!!

    Beijo, bom fim de semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Lindo...lindo...lindo...
    Um beijo com carinho!!

    ResponderEliminar
  8. Belo e sensual!
    Um dia lindo e abençoado
    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Amei o seu layout novo sucesso na casa nova, que espetáculo esta poesia arrasou, bom final de semana.
    Novo Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=06avCiMDYGA
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

Mensagens populares