sábado, 10 de outubro de 2015

Adejam delírios por entre pensamentos

.................
Adejam delírios por entre pensamentos
Como borboletas em pétalas pousando
Fazendo das asas, aclarados momentos
Entre dois corações que estão amando

Esvoaçam sentimentos por céus sonantes
Como estrelas que iluminam nosso amor
Tendo teu corpo lindas asas esvoaçantes
Qual borboleta pousada em distinta flor

Carentes estão meus olhos do teu olhar
Donde caem gotas de amor e realidade
Queria-te ver borboleta no meu acordar
Para te amar como se ama de verdade
.


8 comentários:

  1. Ui...ui... nunca li coisa tão linda... até me senti uma borboleta, kkkk
    Muito bom, parabéns

    bjos

    ResponderEliminar
  2. Estupendamente bonito. Parabéns pelo blogue e pelos lindos poemas que aqui se escrevem. Felicidades.
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Áhhh.... Nem sei que diga a este fantástico Poema.... Gil. tu esmeras-te sempre aqui neste nosso cantinho... Fico muito orgulhosa de ti...este blogue sem a tua presença nunca teria a mesma graça... És tu, a pura e principal fragrância deste espaço que muito gosto.

    PARABÉNS... POEMA BOM DEMAIS

    Beijinho em tu

    ResponderEliminar
  4. Poesia linda! abraços, ótimo fds! chica

    ResponderEliminar
  5. Realmente andam muito e bons Poetas perdidos ou passam despercebidos. Muito bonito, este poema!!

    Bom fim de semana
    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Lindíssimo poema de amor!
    Carentes estão meus olhos do teu olhar
    Donde caem gotas de amor e realidade.
    Parabéns é belo!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde, a simplicidade que transforma a sua escrita maravilhosa, revela que sua alma tem muito para dizer.
    AG

    ResponderEliminar
  8. Quadras que saem directamente de um coração apaixonado, parabéns!
    Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar

Mensagens populares